Poucos Quotes

Authors: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Categories: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
entre-sobreviver-e-viver-he-um-precipecio-e-poucos-encaram-o-salto-martha-medeiros
ao-longo-da-vida-vamos-descobrindo-aos-poucos-quem-somos-na-realidade-e-e-medida-que-o-descobrimos-perdemos-parte-da-nossa-identidade-haruki-murakami
o-sol-e-como-um-bailarino-no-palco-todos-os-dias-ele-nos-apresenta-o-mais-lindo-espeteculo-mesmo-assim-poucos-param-para-ver-e-aplaudir-samanta-holtz
Pingala pode ser definida como a energia dine¢mica, ativa, masculina, positiva, yang, dentro de nossa personalidade. Ela tem um lado fe­sico e mental. Suas qualidades materiais se£o luz, calor, solar, energia acumulando, criatividade, organizae§e£o, focalizada (centre­peta) e contrativa. O lado mental positivo, dine¢mico, dentro do sistema de Freud e o Eros, o prince­pio do prazer, e no sistema de Jung e a personalidade consciente, o lado racional e discriminativo. Podemos dizer que pingala e a energia psicossome¡tica, aparentemente dirigida, a mente agindo sobre o corpo para motivar os orge£os da ae§e£o, os karmendriyas. Ela e a energia be¡sica da vida. Ida e a energia dentro da personalidade, o qual e passiva, receptiva, feminina, negativa, yin. A um ne­vel fe­sico, ela e escura, fria, lunar, energia de dissipae§e£o, desorganizae§e£o, entropica, expansiva (centre­fuga) e relaxante. No plano mental que Freud chamou Tanatos, o instinto da morte, e Jung chamou de anima, o inconsciente, e­ntimo feminina, emocional, sentimento intuitivo e ne£o discriminatorio, o fundo sobre o qual as diferene§as podem ser vistas e que podem ser unificadas. Este e o aspecto soma fe­sico do homem, onde a energia e dirigida para dentro, e o corpo age sobre a mente. Ida controla os orge£os dos sentidos, ou gyanendriyas, e, portanto, nos de¡ conhecimento e conscieªncia do mundo em que vivemos... Carl Jung expressou as viseµes te¢ntricas quando descreveu a fore§a motriz da auto-realizae§e£o, a qual chamou de 'individuae§e£o', como uma interae§e£o dialetica entre os opostos, iniciando com o conflito e culminando em se­ntese e integrae§e£o. Quando o equile­brio perfeito e alcane§ado, estabilizado e aperfeie§oado, um estado de paz dine¢mico e alcane§ado, que e um paradoxo, uma unie£o de opostos, a se­ntese de fazer e ne£o fazer, uma maneira totalmente nova de perceber e experenciar a vida. Poucos de nos realizam este terceiro estado espiritualizado, e muitos de nos oscilam de um estado a outro. A cada 90 a 180 minutos ida e pingala alternam sua posie§e£o dominante e somente por uns poucos segundos, ou minutos, sushumna entra em existeªncia posse­vel. e‰ a meta de todas as tecnicas de yoga balancear e equilibrar ida e pingala, fore§a da vida e conscieªncia, para que eles se unam em aje±a chakra para criar a luz interna do conhecimento e bem-aventurane§a, e revelar a verdade.

Satyananda Saraswati
pingala-pode-ser-definida-como-energia-dinemica-ativa-masculina-positiva-yang-dentro-de-nossa-personalidade-ela-tem-um-lado-fesico-e-mental-suas-qualidades-materiais-seo-luz-calo
?Earn cash when you save a quote by clicking
EARNED Load...
LEVEL : Load...