Outra Quotes

Authors: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Categories: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
e-colocou-alguma-outra-em-meu-lugar
nada-receiem-sombra-e-apenas-uma-outra-forma-de-luz-in-um-companheiro-inesquecevel-pegina-53-susanna-tamaro
alguns-livros-seo-teo-bons-que-queremos-lelos-uma-e-outra-vez-afeieoamonos-elestornamse-bom-tornamse-um-pouco-nossa-familia-patricia-cabot
e-igreja-nunca-se-lhe-pediu-que-explicasse-fosse-o-que-fosse-nossa-outra-especialidade-alem-da-balestica-tem-sido-neutralizar-pela-fe-o-esperito-curioso-jose-saramago
um-homem-neo-pode-fazer-o-certo-numa-erea-da-vida-enquanto-este-ocupado-em-fazer-o-errado-em-outra-a-vida-e-um-todo-indivisevel-mahatma-gandhi
isso-e-bem-outra-coisa-replicou-alberto-porque-um-homem-que-se-deixa-arrastar-por-uma-paixeo-violenta-perde-faculdade-de-refletir-e-deve-ser-considerado-como-um-ebrio-como-um-dem
a-gente-quer-passar-um-rio-nado-e-passa-mas-vai-dar-na-outra-banda-e-num-ponto-muito-mais-embaixo-bem-diverso-do-em-que-primeiro-se-pensou-viver-nem-neo-e-muito-perigoso-joeo-gui
descobri-minha-estrela-ela-e-bela-e-graciosa-elegante-e-divina-o-meu-riso-no-inverno-ela-e-corajosa-e-forte-arrojada-e-tentadora-diferente-de-qualquer-outra-no-universo-e-neo-pos
a-pessoa-que-amamos-no-inecio-neo-e-mesma-que-amamos-no-fim-e-que-o-amor-neo-e-uma-meta-e-sim-um-processo-atraves-do-qual-uma-pessoa-tenta-conhecer-outra-john-williams
uma-parte-da-vida-eu-vivo-na-velocidade-da-luz-saltando-de-acontecimentos-acontecimentos-sem-entendelos-e-na-outra-parte-da-minha-vida-eu-compreendo-o-que-me-aconteceu-na-forma-d
Seja como for, as pessoas dedicadas e religie£o ne£o querem reconhecer a realidade que contradiz o seu conto de fadas. Se realmente vivermos num universo sem Deus, elas perdem o emprego. O fluxo de dinheiro estagna. Por outro lado, he¡ pessoas que escolhem viver a sua vida de uma forma completamente egoceªntrica e homicida. Essas sentem que, se nada importa e elas podem fazer o que querem sem sofrer consequeeªncias, ve£o fazeª-lo. Mas tambem podemos ver as coisas de outra maneira: estamos nos e os outros todos, vivos e num barco salva-vidas, e temos de fazer as coisas da maneira mais decente posse­vel para nos e para eles. A mim parece-me que esta seria uma forma de viver muito mais morale "criste£": reconhecermos a terre­vel verdade da existeªncia humana e, perante isso, ainda escolhermos ser humanos decentes em vez de nos iludirmos sobre a existeªncia de uma qualquer recompensa paradise­aca ou um qualquer castigo infernal. Parecia-me uma atitude muito mais nobre. Se he¡ recompensa, castigo ou qualquer tipo de pagamento e agimos bem, ente£o ne£o estamos a fazer por razeµes muito nobres - os chamados prince­pios criste£os. e‰ como os bombistas suicidas que agem alegadamente de acordo com prince­pios religiosos ou nacionais bastante nobres quando, na verdade, as suas fame­lias recebem uma recompensa em dinheiro e congratulam-se com um legado heroico - je¡ para ne£o falar da promessa de virgens para os perpetradores, embora me passe completamente ao lado como e que alguem prefere um grupo de virgens a uma mulher altamente experiente.

Woody Allen
seja-como-for-as-pessoas-dedicadas-e-religieo-neo-querem-reconhecer-realidade-que-contradiz-o-seu-conto-de-fadas-se-realmente-vivermos-num-universo-sem-deus-elas-perdem-o-emprego
A Etimologia tentou separar duas rae­zes: de um lado a raiz-lua que, com men (lua) e mensis (mes) pertence a rae­z ma do sacrife­cio mas; e de outro, a raiz se¢nscrita manas, com menos (grego), mens (latim) etc., que representa o espirito por exceleªncia. Da raiz-espe­rito brota uma ampla ramificae§e£o de sentidos espirituais significativos: menos, espirito, corae§e£o, alma, coragem, ardor; menoinan, considerar, meditar, desejar; memona, ter em mente, pretender; mainomai pensar e tambem perder-se em pensamentos e delirar, a qual pertence mania, loucura, possesse£o e tambem manteia, profecia. Outros ramos da mesma raiz-espe­rito se£o menis, menos, raiva, menuo, indicar, revelar; meno, permanecer, demorar-se, manthano, aprender; menini, lembrar; e mentiri, mentir. Todas essas rae­zes-espe­rito originam-se de uma raiz original se¢nscrita Mati-h, que significa pensamento, intene§e£o. Em nenhum lugar, seja ele qual for, essa raiz foi colocada em oposie§e£o a raiz-lua, men, lua; mensis, mes; mas, que e ligado a ma, medir. Dessa raiz origina-se ne£o so matra-m, medida, mas tambem metis, inteligeªncia, sabedoria; matiesthai, meditar, ter em mente, sonhar; e, mais ainda, para nossa surpresa, verificamos que essa raiz-lua, pretensamente oposta a raiz-espe­rito, e da mesma maneira derivada da raiz se¢nscrita mati-h, significando medida, conhecimento. Em conseqe¼eªncia, a eºnica raiz arquete­pica subjacente a esses significados e espe­rito-lua, que se expressa em todas as suas ramificae§eµes diversificadas, revelando-nos assim sua natureza e seu significado primordial. O que emana do espe­rito-lua e um movimento emocional relacionado de perto com as atividades do inconsciente. Na erupe§e£o ativa e um espirito igneo: coragem, colera, possesse£o e ira; sua auto-revelae§e£o conduz a profecia, cogitae§e£o e mentira, mas tambem a poesia. Junto com essa produtividade ignea, no entanto, coloca-se outra atitude mais ' medida ' que medita, sonha, espera e deseja, hesita e se retarda, que se relaciona com a memoria e o aprendizado, e cujo efeito e a moderae§e£o, a sabedoria e o significado. Discutindo o assunto em outro lugar, mencionei, como uma atividade primaria do inconsciente, o Einfall, isto e, o pressentimento ou o pensamento que ' estala ' na cabee§a. O aparecimento de conteeºdos espirituais que penetram na conscieªncia com suficiente forca persuasiva para fascina-la e controla-la, representa provavelmente a primeira forma de emergeªncia do espirito no homem. Enquanto numa conscieªncia ampliada e num ego mais forte esse fator emergente e introjetado e concebido como uma manifestae§e£o pse­quica interna, no comee§o parece atingir a psique ' de fora ', como uma revelae§e£o sagrada e uma mensagem numinosa dos ' poderes ' ou deuses. O ego, ao experimentar esses conteeºdos como vindos de fora, mesmo quando os chama de intuitos ou inspirae§eµes, recebe o fene´meno espiritual esponte¢neo com a atitude caractere­stica do ego da conscieªncia matriacal. Porque ainda e verdade, como sempre foi, que as revelae§eµes do espe­rito-lua se£o recebidas mais facilmente quando a noite anima o inconsciente e provoca a introverse£o do que a luz brilhante do dia.

Erich Neumann
a-etimologia-tentou-separar-duas-raezes-de-um-lado-raizlua-que-com-men-lua-e-mensis-mes-pertence-raez-ma-do-sacrifecio-mas-e-de-outro-raiz-senscrita-manas-com-menos-grego-mens-la
?Earn cash when you save a quote by clicking
EARNED Load...
LEVEL : Load...