Pela Quotes

Authors: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Categories: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
a-doene-e-retida-no-corpo-pelo-pensamento-pela-observaeeo-da-doene-e-pela-ateneeo-dada-ela-rhonda-byrne
o-que-voce-fez-pela-ciencia-hoje-pare-de-fazer-coisas-por-deus-ele-se-intitula-todopoderoso-neo-precisa-de-voce-fae-algo-pela-ciencia-pelo-amor-de-deus-mehmet-murat-ildan
toda-vida-e-uma-luta-pela-descendencia-merio-saa
queria-passar-mais-uns-minutos-no-mundo-que-neo-fosse-dominado-pela-hierarquia-e-o-snobismo-e-vingane-christos-tsiolkas
jamais-comparecerei-um-comecio-contra-guerra-se-voce-tiver-um-comecio-pela-paz-pode-me-convidar-mother-teresa
o-meu-corpo-procurame-mas-estando-ele-teo-fraco-assim-como-minha-alma-contaminada-pela-dor-megoa-e-desconfiane-ou-pura-e-simplesmente-desiluseo-neo-pode-encontrarme-patrecia-m-pe
e-igreja-nunca-se-lhe-pediu-que-explicasse-fosse-o-que-fosse-nossa-outra-especialidade-alem-da-balestica-tem-sido-neutralizar-pela-fe-o-esperito-curioso-jose-saramago
ser-radical-e-tomar-as-coisas-pela-raiz-mas-para-o-homem-raiz-e-o-proprio-homem-karl-marx
assim-quantas-vezes-desperto-e-abandonado-neo-entrei-pela-noite-dentro-aguardando-neo-bem-madrugada-nem-o-meu-sono-final-mas-o-vazio-absoluto-de-um-nunca-mais-para-o-passado-e-pa
uma-pessoa-envelhece-lentamente-primeiro-envelhece-o-seu-gosto-pela-vida-e-pelas-pessoas-sabes-pouco-pouco-tornase-tudo-teo-real-conhece-o-significado-das-coisas-tudo-se-repete-t
Raciocinai assim com a vida: Se te perco, perco uma coisa que somente os loucos querem conservar. Ne£o passas de um sopro, exposto a todas as influeªncias do ar e que, hora apos hora, deterioram esta habitae§e£o em que moras. e‰s meramente o joquete da morte, pois procuras sempre evite¡-la pela fuga e, apesar disto, corres sempre em diree§e£o a ela. Ne£o es nobre, porque todas as voluptuosidades, que se£o teu patrime´nio, se£o acalentadas pelas baixezas. Este¡s longe de ser valente, pois temes o aguilhe£o terno e brando de um verme. O que tens de melhor em ti e o sono e que tantas vezes provocas; entretanto, temes grosseiramente a morte que ne£o passa de um sono. Tu ne£o es tu mesmo, pois tua existeªncia e o resultado de milhares de gre£os que saem do po. Ne£o es feliz, porque o que tu ne£o tens, tu te esfore§as para adquirir e o que possuis, tu esqueces. Ne£o es constante, pois tua natureza, segundo as fases da Lua, sofre estranhas alterae§eµes. Se es rico, es pobre; pois, semelhante a um asno cujo lombo este¡ vergado ao peso de lingotes, so carregas as tuas riquezas um eºnico dia e a morte te livra delas. Ne£o tens amigos, pois o fruto de tuas proprias entranhas que te chama de ''pai'', o mais puro de teu sangue sae­do de teus proprios rins, maldiz a gota, a lepra e o catarro, que ne£o te acabam bem depressa. Ne£o tens juventude nem velhice, e, por assim dizer, ne£o passas de um sesta depois do jantar que sonha um pouco com as duas idades; pois toda tua feliz juventude e passada fazendo-se velha e solicitando esmolas da parale­tica velhice. Quando, no fim, fores velho e rico, je¡ ne£o tere¡s calor, sentimento, fore§a, nem beleza, para tornares agrade¡veis tuas riquezas.Que te sobra ainda nisto que traz o nome de Vida? O outras mil formas de morte ainda este£o ocultas nesta vida e, contudo tememos a morte que nivela todas estas miserias.

William Shakespeare
raciocinai-assim-com-vida-se-te-perco-perco-uma-coisa-que-somente-os-loucos-querem-conservar-neo-passas-de-um-sopro-exposto-todas-as-influencias-do-ar-e-que-hora-apos-hora-deteri
?Earn cash when you save a quote by clicking
EARNED Load...
LEVEL : Load...